Durante o jantar comemorativo dos 100 anos, no Jardim Botânico, tivemos connosco um grupo de Urban Sketchers.

Veja a nossa galeria de imagens e as diversas perspetivas e técnicas utilizadas por estes artistas!

“A empresa mais portuguesa do vinho do Porto faz 100 anos”

Jul 04, 2018

“Um século de vida é assunto para mais do que uma geração. Desde 1918, a família Poças detém a empresa com o mesmo nome e é hoje o único grande produtor de vinhos do Porto e Douro cem por cento português – com todos os ramos da família representados no negócio. E eles garantem ao jornalista e crítico de vinhos Fernando Melo que estão prontos para mais cem anos”.

E estamos prontos para mais cem anos! Leia a notícia que Fernando Melo escreveu no Diário de notícias, e conheça-nos melhor: https://bit.ly/2lTmvbp

 

Conheça a nossa Quinta de Vale de cavalos

Nov 21, 2018

Em Numão, uma região de excelência, toda a plantação privilegia as melhores castas. A quinta de Vale de Cavalos foi adquirida em 1988 e tem uma área de cerca de 51 hectares vinha, dividida nas parcelas Ribeira Teja, Catapereiro, Tanque e Zoc.

O terreno ondulado dispensa muros de suporte, o que facilita o trabalho agrícola. A proximidade da Ribeira Teja a uma albufeira, formada pela subida das águas de uma barragem recente, e o sofisticado sistema de rega “gota-a-gota”, permitem fazer face às frequentes secas desta região considerada a com menor pluviosidade de Portugal.

Créditos: Jferrand

Jantar comemorativo dos 100 anos reúne clientes, amigos e produtores

Set 30, 2018

Integrado num programa alargado de atividades comemorativas que decorrem ao longo de 2018, o jantar dos 100 anos da Poças reuniu na antiga casa dos avós da escritora Sophia de Mello Breyner, hoje propriedade da Universidade do Porto e sede do jardim botânico daquela cidade, mais de uma centena de clientes, fornecedores e amigos da empresa, entre eles vários produtores do Douro.

Uma escolha com simbolismo, cruzando lugares e experiências e mostrando que o vinho fica bem entre cultura e família. Sim, porque a associação à arte e à família tem sido o fio condutor do programa cultural promovido como celebração do centenário, envolvendo artistas como os Capitão Fausto, Afonso Reis Cabral, Companhia de Teatro do Bolhão ou Bordalo II.

E porque celebrar 100 anos também é narrar histórias, este foi um jantar de memórias do passado, muitas memórias, mas sem esquecer também os desafios do futuro.

Créditos: Jferrand