A Essência veio a visitar-nos

10 Jan 2019 in  Vinho

O Douro, as vinhas, o terroir, as nossas quintas, o centro de visitas em V. N. de Gaia, o passado, o presente e os projetos e sonhos para o futuro. Tudo isto é abordado no programa A Essência, que passou na RTP3, no dia 5 de janeiro!

Veja o programa e venha conhecer-nos melhor:

Novo lançamento: Poças Branco da Ribeira 2017

Nov 15, 2018

A grande novidade do ano é o lançamento do novo topo de gama Branco da Ribeira 2017 que na estreia recebe 93 pontos da Robert Parker’s WineAdvocate.

O crítico Mark Squires descreve o novo branco da seguinte forma:
“O que é que ganhamos subindo a este nível? Bem, tem mais madeira, mas a grande acidez do Arinto corta a madeira sem esforço. É muito límpido. Tem uma mordida forte no final e aquela fina acidez, que é precisa, elegante e bastante intensa. O final é muito longo. Num ano duro, parece um grande milagre. Também tem algum potencial de melhoria. Certamente que ainda se pode desenvolver—o que é uma coisa boa e necessária de se dizer sobre um vinho jovem nesta faixa de preços. Pode até envelhecer melhor do que se espera. Globalmente, é uma estreia formidável.”
– Mark Squires, Robert Parker’s Wine Advocate

Créditos: Jferrand

“Poças. 100 anos de vinho do Porto produzido em nome da família”

Nov 28, 2018

“É a empresa mais portuguesa do vinho do Porto e celebra, em 2018, 100 anos de história. Viagem ao império familiar que o bisavô fundou em plena guerra mundial e da qual os bisnetos ainda cuidam”.

Leia o artigo que Ana Marques escreveu no Observador e conheça melhor a nossa história: https://bit.ly/2Q1WTdC

Afinal, são 100 anos, Poças!

Conheça a nossa Quinta de Santa Bárbara

Out 17, 2018

Nesta quinta, com cerca de 33 hectares de vinha e um lindo laranjal murado, produzem-se alguns dos melhores vinhos Vintages e LBV Poças, sob a marca Quinta de Santa Bárbara. A quinta foi baptizada com o nome de uma primitiva quinta, situada frente à cidade de Peso da Régua, com uma capela desta santa e um panorama deslumbrante.

A construção de uma estrada que dividiu a quinta primitiva levou à compra da atual, em 1999. Ao ser adquirida, só cerca de um quarto da área total tinha vinha com idade considerável. Posteriormente, procedeu-se ao plantio de toda a propriedade utilizando as mais modernas técnicas e a selecção das melhores castas.

Créditos: Jferrand